3 Dicas para não cair em golpe Financeiro

Golpe financeiro

Previna-se contra os golpes financeiros

As aplicações de golpes financeiros aumentaram no mercado devido a pandemia causada pelo Covid 19 e os criminosos diversificaram as formas de aplicação. Portanto, é fundamental conhecer formas para se prevenir contra esse tipo de situação. 

De acordo com uma pesquisa realizada pela Febraban (Federação Brasileira dos Bancos), aponta que houve um aumento de 80% de golpes financeiros pelo método phishing

Basicamente os ataques por phishing é o recebimento via e-mail com vírus que direcionam você para sites falsos, incentivando você a realizar uma negociação de crédito e contratação do mesmo.

E em outros casos, reforçam o discurso no qual é necessário realizar pagamentos de forma antecipada para a liberação da contratação do seu crédito.

Recomendamos desconfiar desse discurso e rever outra instituição financeira para contratar a sua solução de crédito.   

Além disso, os fraudadores podem utilizar nomes de empresas reais do mercado e até mesmo dados de instituições financeiras para realizar a aplicação do golpe financeiro.

Por esse motivo, certifique com antecedência que a empresa na qual você está em contato é verídica e ética em suas negociações. 

3 Dicas para não cair em golpes financeiros 

Elencamos 3 dicas essenciais para você se prevenir contra os golpes. Confira abaixo: 

  1. Pesquise sobre a financeira 

Em primeiro lugar, para evitar entrar em contato com empresas falsas do mercado  pesquise sobre as agências de créditos na internet e procure avaliar as interações que ela tem com o público e os feedbacks de outros clientes.  

Por exemplo, você pode consultar o Google Meu Negócio, redes sociais (Instagram, Facebook e/ou Linkedln). 

E além disso, o ideal é você checar as informações sobre a empresa, como: Missão, visão, valores e linhas de crédito no site da empresa, para garantir que a prestação de serviço é gratuita e que valoriza a ética. 

  1. Não faça pagamentos antecipados 

Em segundo lugar, não realize nenhum tipo de pagamento de forma antecipada.

Ou seja, caso a empresa coloque como critério o pagamento de taxas (por exemplo: Custo efetivo total ou imposto sobre transações financeiras), anuidade, liberação de crédito ou pagamento antecipado de parcelas, como obrigatoriedade para liberar o seu acesso ao crédito, desconfie, pois provavelmente é uma fraude. 

  1. Avalie a gramática na troca de mensagens  

Muitos golpistas não se preocupam com a gramática, e encaminham  mensagens ou trocam mensagens com os clientes e não se atentam para o uso correto das palavras. 

Desconfie de mensagens que contém muitos erros ortográficos! 


E se infelizmente algum dia você cair em algum golpe financeiro o ideal no primeiro momento é avisar os seus familiares e amigos para não confiarem na empresa ”X” que lhe atendeu. Além disso, faça um boletim de ocorrência, contate a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) ou no Procon de seu município. 

Dica do dia: Recomendamos ler mais sobre o assunto em nossos outros artigos: 

Por fim, você também pode conferir as nossas redes sociais:

Instagram

Facebook

Linkedln  

Confira também os nossos produtos:

IsoCred – Crédito consignado e pessoal em Campinas

Mande suas críticas, elogios e sugestões para campinas@isocred.com.br

Deixe um comentário