Dívidas durante a crise: Aprenda a não ter!

dividas durante a crise

Dívidas durante a crise, aprenda a evitá-los!

Lidar com as dívidas durante a crise de saúde pública, causada pelo Coronavírus (Covid 19) e com as incertezas do mercado, passou a ser um desafio cada vez maior. 

De acordo com Serasa, 22% das dívidas é representado por contas básicas e esse percentual corresponde a 37 milhões de brasileiros endividados. Portanto, por esse motivo, é fundamental entender formas para evitar dívidas. 

Elencamos 3 dicas essenciais para você aprender a lidar com a crise durante tempos difíceis com mais facilidade. 

1. Faça negociação das dívidas existentes 

Primeiramente, analise todos os seus custos fixos e variáveis e dentre cada um deles, observe quais são as contas que detém a maior taxa de juros e converse com o credor, para realizar uma negociação sobre o valor ou sobre o prazo de pagamento.  

Vale lembrar, que quando você se posiciona para o seu credor e explica que a sua situação financeira não está favorável no momento, a tendência é que o seu credor compreenda a sua situação e avalie as possibilidades de negócios que ele pode te proporcionar. 

2. Desenvolva um planejamento financeiro 

Para você manter a sua organização financeira, é fundamental desenvolver um planejamento financeiro pessoal para lidar com o seu dinheiro de forma mais eficiente.  

Além disso, você pode contar com ajuda da tecnologia para organizar o seu planejamento financeiro com maior facilidade, por exemplo, por meio dos aplicativos Organizze e o  Moblis – Controle Financeiro e Finanças Pessoais ou Minhas Despesas.

3. Evite dívidas desnecessárias 

Em terceiro lugar, evite criar dívidas que não são essenciais para o seu dia a dia. 

Por exemplo, evite custos relacionados com Uber, Ifood, shopping ou restaurantes. 

Além disso, uma situação na qual você também deve evitar compras não essenciais é no supermercado e para isso acontecer, o ideal é que você organize uma lista de compras com todos os itens básicos para o mês. 

4. Reserva de emergência 

Recomendamos que você tenha uma reserva de emergência e para que seja possível construir essa realidade, é fundamental que o seu planejamento financeiro esteja estabilizado. 

O importante é sempre guardar um valor mensalmente e só utilizar o mesmo, quando necessário. 

5. Empréstimo FGTS é uma opção

Por fim,  você também pode optar por uma modalidade financeira caso precise regularizar as suas finanças e colocar em dia as contas. O ideal nesse caso, é você utilizar o saldo do seu FGTS como garantia de uma operação de empréstimo.  

Além disso, o saque aniversário do FGTS é um tipo novo de crédito, no qual possui diversas vantagens para você no momento da contratação. Por exemplo: 

1. Facilidade de contratação;

2. Menos burocracia;

3.Taxa de juros acessíveis;

4. Dinheiro na conta em até 2 horas.

Portanto, devido a crise de saúde pública que estamos vivenciando, é fundamental rever custos e renegociar dívidas. 

Por fim, confira também os nossos produtos:

IsoCred – Crédito consignado e pessoal em Campinas

Mande suas críticas, elogios e sugestões para campinas@isocred.com.br

Deixe um comentário